Alfaiataria desconstruída

/
0 Comments
A alfaiataria revolucionou o universo da moda, quando as peças do guarda-roupa deles começaram a produzir as mulheres mais elegantes com a versão feminina do terno, mais conhecida como tailleur, graças a estilistas como Pierre Cardin e André Courrèges.
Como nada se cria, tudo se transforma, esta tendência não saiu mais das passarelas e chega à vida real agregando diferentes tendências a cada estação.
Editorial da Vogue Alemã para o Inverno 2011

Neste Inverno, o ponto forte é a abordagem dândi, que divide espaço com toques de militarismo e ao mesmo tempo exalta melhor a feminilidade com um mix de formas estruturadas e cortes estratégicos.
Salvatore Ferragamo e Cacharel apostaram na alfaiataria com pitadas de militarismo
Blazer eterno
A peça clássica fica ultrafeminina coordenada com tecidos sofisticados como a seda e o veludo. Aposta certeira e chique para a estação!
Blazer Cris Barros, camisa e anágua Le Lis, ankle boot e carteira Dumond. Acessórios Apparence
Jason Wu aposta na alfaiataria desconstruída para o Verão 2012
Boyfriend

Para que as peças de alfaiataria fiquem ainda mais femininas, são coordenadas com peças fluídas e transparentes que também expressem feminilidade


Bermuda Linda de Morrer, camisa e bolsa Le Lis, sapato Capodarte e acessórios Apparence

Para a próxima estação a alfaiataria vem com uma proposta minimalista. Passarela de Jason Wu

Calça cenoura
A sobriedade da peça é quebrada pelo top cítrico e pela bolsa em fake fur

Calça Le Lis, top Linda de Morrer, sapato Ellus, bolsa e acessórios Apparence
A calça cenoura também fica ótima com camisa de seda e escarpin: 

Minimalismo
As formas retas e clean são forte tendência para este Verão e cores neutras são sempre bem vindas!
Vestido Cris Barros, bolsa Le Lis, ankle boot Capodarte e acessórios Apparence

Minimalismo presente na coleção de Philip Lim


You may also like

Nenhum comentário:

Grupo Apparence 2016. Tecnologia do Blogger.